Pages

segunda-feira, maio 25, 2009

Esculturas magnéticas - A Física e a Arte

Assista mais vídeos como esse no Ciência Tube


Estava na semana passada na aula de oficina de escultura, quando vi esse vídeo surpreendente e curioso no youtube através do notebook da Profª Roseli. Gostei do que vi, tanto é que vou postar aqui o vídeo a respeito de um tipo novo e contemporâneo de escultura, que são as esculturas magnéticas.
Elas são feitas de ferrofluido, que é um mate
rial que se polariza sob a ação de um campo magnético. E através da manipulação desse mesmo campo magnético, que eles são movimentados de um lado a outro, através da atração e da repulsão dessas cargas magnéticas (considerando que cada partícula do ferrofluido polariza-se em um lado positivamente e em outro negativamente, por efeito do campo magnético), que faz o líquido "movimentar-se" de maneira a criar essas animações curiosas.
Inclusive até um colega nosso jurou que essa era uma animação computadorizada. Realmente é o que parece, já que os efeitos são um pouco surreais, por causa do efeito de movimento do ferrofluido.
Os movimentos do ferrofluidos são leves, quase "dançantes", por assim dizer. Formam diferentes figuras com pontas, ao que se observa. Claro que isso também tem a ver com o campo magnético e a sua manipulação. Que faz com que se crie pontas.

Para dar uma explicação cien
tífica, vou recorrer às minhas antigas aulas com o Prof. Loureiro (grande Loureiro!).
As partículas de ferrofluido são condutoras (por serem um tipo de metal também), ou seja se polarizam por indução mais facilmente. Abaixo, há uma ilustração da forma que ocorre a indução de um condutor.Isto é, quando submetidas a um campo magnético, uma ponta da partícula torna-se positiva e a outra negativa. E isso faz com que aconteçam atrações e repulsões no sentido do campo magnético (positivo ou negativo), dependendo de onde ele se encontra. E as partículas de ferrofluido são manipuladas através desse mesmo campo magnético. A maior repulsão a esse campo magnético criam as pontas que vemos ali, dando uma estética bem interessante. Esse é o tipo de obra que veríamos em um museu de ciência e tecnologia (como o da PUC-RS), mas como a sua estética é Arte e a sua proposta também, me reservei ao direito de comentar esse tão engenhoso trabalho. É a ciência criando uma estética artística interessante, sem dúvida.

Referência:
http://cienciatube.blogspot.com/2008/12/esculturas-magnticas-lquidas.html
  • Stumble This
  • Fav This With Technorati
  • Add To Del.icio.us
  • Digg This
  • Add To Facebook
  • Add To Yahoo

2 comentários:

Marcus Saraiva disse...

Muito bom seu Blog,
Acho que a ciência e a arte possuem muita coisa em comum, deveria existir um diálogo maior entre essas áreas.
Parabéns

Felipe R. Contri Paz disse...

Quando achamos nao temos certeza!
Eu sou contra a deixarmos a arte se "fazer", como no vídeo acima.
É muito bonito,interessante, mas o artista não participa diretamente, ele praticamente deixa nascer a obra e assiste...
Muito bacana...mas pra mim,é apenas uma maravilha da nossa tia física!!!

Postar um comentário

Serão aceitos somente comentários inerentes aos posts. Arte e somente Arte!

 
Copyright 2010 Arte comentada | Powered by Blogger.